quarta-feira, 9 de outubro de 2013

Casinha feita com garrafa de alvejante

CONSOLO NA PRAIA

Vamos, não chores...
A infância está perdida.
A mocidade está perdida.
Mas a vida não se perdeu.
O primeiro amor passou.
O segundo amor passou.
O terceiro amor passou.
Mas o coração continua.
Perdeste o melhor amigo.
Não tentaste qualquer viagem.
Não possuis casa, navio, terra.
Mas tens um cão.
Algumas palavras duras,
em voz mansa, te golpearam.
Nunca, nunca cicatrizam.
Mas, e o 'humour'?
A injustiça não se resolve.
À sombra do mundo errado
murmuraste um protesto tímido.
Mas virão outros.

Tudo somado, devias
precipitar-te, de vez, nas águas.
Estás nu na areia, no vento...
Dorme, meu filho.

Carlos Drummond de Andrade

Um comentário:

  1. Boa tarde, tudo bem? Quem ainda não se inscreveu tem até dia 30/10 para participar. Serão duas ganhadoras e os prêmios estão super incríveis pra ninguém ficar de fora. Venham conferir e participem. Aguardo todas vocês!!! Beijos!!!
    http://encantosempontocruz-barbie.blogspot.com.br/2013/09/novo-concurso-cultural-em-parceria-com.html

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar.
Beijos